Web AGENDA CAU JANEIRO REDUZIDA
CIRCUITO +

Dicas

Aí vão algumas dicas que vão fazer diferença no seu dia-a-dia, além de respostas para antigas dúvidas!

Selecione abaixo, um
assunto do seu interesse:

coluna

Exercícios físicos ajudam no tratamento de problemas como – Desvios Posturais:

Na maioria dos casos, a prática de atividade física vale tanto ou mais do que remédio. Cada vez mais, são recomendados pelos especialistas como parte do tratamento de uma série de problemas de saúde. Os efeitos são comprovados contra desvios e dores na coluna.

Que tipo de exercício pode aliviar as dores? 

Os desvios da coluna normalmente acontecem por um desequilíbrio muscular. Todo trabalho que possa equilibrar a musculatura dos dois lados ajuda na correção. Os alongamentos para região cervical, torácica, lombar e para os membros inferiores (pernas) são ótimos. No entanto, a prevenção é sempre mais importante. Mudanças nos hábitos de vida são essenciais, como atenção na mobília e atividades em casa e no trabalho para evitar posturas erradas e por tempo prolongado. 

Evitar: 

Exercícios com sobrecarga para o movimento de extensão da coluna, principalmente associados à rotação devem ser evitados, pois podem gerar um stress nos discos intervertebrais levando à dores e hérnias nessa região. Caso o indivíduo já possua uma lesão instalada na coluna, é importante evitar atividades com impacto como corrida, exercícios em cama elástica e atividades que envolvam saltos. Qualquer esforço fora do limite pode aumentar o desvio e, principalmente, causar pressão nos discos da coluna.

Fortalecimento Abdominal:

Também é importante o fortalecimento abdominal. Pois a musculatura abdominal profunda ativa vai dar sustentação para coluna lombar. Quando você fica de pé e relaxa a barriga para frente , a tendência é os ombros caírem para frente , com sobrecarga na região lombar. Com o abdômen contraído, a lombar fica menos sobrecarregada, diminui-se a hiperlordose, os ombros são direcionados para trás. 

Alongamento:

Os alongamentos também são primordiais na manutenção da boa saúde da coluna. Um músculo alongado gera menos tensões e desvios posturais do que um músculo encurtado. Além disso, a nutrição e oxigenação dessa musculatura é mais eficiente devido a uma melhor circulação local, o que a deixa menos propensa a lesões e mais eficaz para enfrentar as sobrecargas impostas no dia-a-dia. Nosso corpo é uma máquina perfeita e absoluta. E, como toda máquina, enferruja quando fica parada. A atividade física (seja ela de força ou alongamento) mantém todas as estruturas do nosso corpo em atividade. Mas é preciso muito cuidado porque o alongamento errado pode provocar lesões. O importante é que o indivíduo seja sempre bem orientado por um profissional. Então, vamos arregaçar as mangas e bom treino! 

INSTAGRAM